Brasil mostre sua cara: Alguns dados sobre o país

O Brasil é um país complexo em inúmeros quesitos, seja em sua economia, política, composição étnica, mercado de trabalho etc. Conhecer alguns desses quesitos é importante, para fomentar a formação de um individuo mais consciente a respeito do próprio país e que possa contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

O presente texto do blog “tacontratado” possui a intenção de expor algumas informações relevantes sobre o país, referente a composição étnica, escolaridade e mercado de trabalho.

Partindo para uma análise quantitativa, de acordo com dados do IBGE referente ao segundo trimestre de 2020, a população brasileira contém cerca de 52% de seus habitantes composto por pessoas do gênero feminino e os outros 48% são compostos por homens. O total de habitantes do país totalizaram mais de 210 milhões de pessoas.

Já no quesito de raça ou cor, o gráfico a seguir ilustrará essa discussão:

GRÁFICO 01- População, por cor ou raça

Antes de realizar a análise, é importante contextualizar que a categoria “outros” engloba pessoas da cor ou raça amarela, indígena ou sem declaração. Dito isso, é possível verificar que a população brasileira se denomina preponderantemente parda (47%) e branca (43%), apenas uma pequena parcela se declarou preta (9%) e a categoria outros engloba o 1% restante.

Já na parte relacionado aos níveis de escolaridade, é onde se percebe uma maior heterogeneidade da população. O próximo gráfico irá ilustrar a parte quantitativa desse tema:

GRÁFICO 02- População por níveis de escolaridade

Fonte: IBGE-Pesquisa Nacional Por Amostra De Domicílios Contínua Trimestral. Dados do segundo trimestre de 2020.

Ao verificar atentamente os dados do gráfico, é possível chegar a duas tristes conclusões: cerca de 52,5% da população brasileira não chegou sequer a completar o Ensino Médio (EM) e cerca de um terço da população possui o Ensino Fundamental (EF) incompleto, o que mostra claramente um abandono dos estudos por uma parcela considerável de pessoas.

Somente 13,21% dos habitantes nacionais conseguiram concluir o ensino superior, o que indica que o acesso a faculdade ainda é um privilégio para poucos nesse país.

Ao analisar alguns dados referente ao mercado de trabalho, é possível verificar outras informações importantes. Uma delas é a questão do rendimento médio mensal, que no caso do Brasil em 2019 foi de 2.330 reais, de acordo com dados do próprio IBGE.

Esse valor de rendimento médio mensal que não é elevado, certamente possui uma correlação com os índices de escolaridade no país, à medida que conforme pôde ser visualizado nos parágrafos anteriores, uma grande parcela da população possui dificuldades de acesso à educação.

Outra informação que mostra mais da face do país é em quais tipos de atividade econômica as pessoas mais estão alocadas. A tabela a seguir irá expor alguns dados referente a isso:

Tabela 01- Grupamentos de atividade no trabalho principal

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2012-2019.

Ao verificar os dados presentes na tabela 01, é possível visualizar que os três grupamentos de atividade que mais se destacam são: “Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas”, “Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais” e “indústria geral”, o que indica que existe um preponderância do setor de serviços na economia brasileira, ao menos no quesito de população ocupada.

Por fim, um fator que tem ganhado importância recentemente é a ascensão do número de empregadores e trabalhadores com registro no CNPJ. A próxima tabela ilustrará essa informação:

Gráfico 03-Empregadores e trabalhadores por conta própria registrados no CNPJ (%)

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2012-2019.

Analisando os trabalhadores por conta própria, percebe-se que de 2012 para 2019, a quantidade de registros no CNPJ subiu aproximadamente 5,2%, o que indica que essa modalidade de contratação por parte das empresas tem interessado mais a elas.

A informação do parágrafo anterior é importante, pois devido a crise recente causada pelo covid-19, pode ser que as empresas comecem a utilizar mais a modalidade de contratação por CNPJ, de modo a diminuir o pagamento de impostos referente a folha de pagamento.

Após esse conjunto de informações que foram expostas nos parágrafos anteriores, foi possível visualizar que o país é bastante plural em inúmeros quesitos e o blog “tacontratado” espera ter contribuído para que essas informações cheguem a cada vez pessoas, afinal de contas o conhecimento é uma dádiva e deve ser compartilhado com todos.

Textos utilizados como referência bibliográfica

-Características adicionais do mercado de trabalho 2019-PNAD Contínua

-PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICÍLIOS CONTÍNUA – PNAD CONTÍNUA-Principais destaques da evolução do mercado de trabalho no Brasil 2012-2019

#emprego #trabalho #o #vagas #empregos #vagasdeemprego #oportunidade #estagio #vaga #rh #oportunidades #empreendedorismo #sucesso #curriculo #vagadeemprego #brasil #primeiroemprego #oportunidadedeemprego #recursoshumanos #dinheiro #mercadodetrabalho #recrutamento #carreira #jovemaprendiz #tacontratado #buscadeempregos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×