A venda de sapatos pela internet é um negócio que tem boas perspectivas. Conheça algumas vantagens para decidir e começar a lucrar.

O mercado mundial de calçados alcançou US$ 365,5 bilhões em 2020, e a expectativa é de que ele tenha um crescimento anual de 5,5% nos próximos anos, podendo valer US$ 530,3 bilhões em 2027.

ta-contratado

Então que tal considerar a possibilidade de trabalhar com a venda de sapatos online? Abrir um e-commerce é uma forma de unir o útil ao agradável, já que essa é uma forma de ganhar dinheiro em casa, evitando enfrentar um trânsito caótico e gastar tempo com deslocamento.

E o principal: com uma loja online, você constrói um negócio sem ter que investir uma alta soma de dinheiro para arcar com aluguel e mobiliário.

Nas linhas a seguir, você vai saber como montar uma loja de calçados. Vamos falar sobre os recursos dos quais você vai precisar e quais cuidados tomar para criar um e-commerce de sucesso.

Acha que seria interessante vender sapatos em uma loja online? Observe que terá muita economia e conseguirá resultados rápidos.

Como vender sapatos pela internet: marketing digital

Se você abrisse uma loja física no seu bairro, seria preciso fazer uma boa divulgação para atrair as pessoas, certo? O mesmo acontece ao criar uma loja online para a venda de sapatos: o fato de ela ser bonita, oferecer uma boa experiência de navegação e conter os melhores produtos para vender não vai atrair visitantes.

As pessoas precisam saber que sua loja existe e quais produtos ela oferece, e o marketing digital ajuda justamente nisso. As redes sociais, por exemplo, são ótimas para atrair potenciais clientes para sua loja virtual.

Exemplo de redes sociais que você pode começar a usar:

Facebook

– Instagram

Youtube

– Pinterest

Como montar uma loja virtual de calçados

Existem várias maneiras de montar uma loja online — algumas são complicadas, outras são incrivelmente simples.

Uma possibilidade é contratar uma equipe de desenvolvedores para que eles montem a loja e implementem todas as funcionalidades necessárias, como carrinho de compras, sistema de pagamentos, cálculo de frete, entre tantas outras.

Não precisamos nem falar o quanto tudo isso seria caro e trabalhoso, né?

Imagine criar um e-commerce para a venda de sapatos por conta própria, usando base de conhecimento sólida na internet? A boa notícia é que você pode fazer isso por meio de plataformas como a Shopify.

Depois de criar sua conta, você já pode escolher um template para personalizar o layout, inserir produtos, configurar meios de pagamento e assim por diante.

 

Dá lucro vender sapatos?

 

O Sebrae de Santa Catarina apontou as principais vantagens da venda de sapatos:

  • O segmento é estável;
  • As pessoas compram calçados com frequência;
  • Esse mercado é pouco afetado pela sazonalidade;
  • Existe uma alta demanda dos públicos masculino e feminino;
  • A lucratividade é alta.

Mas, se você vai ter um negócio lucrativo ou não, vai depender muito de um bom planejamento. Por exemplo, é preciso ter a consciência de que, mesmo se você converter corretamente os tamanhos asiáticos para os brasileiros para fazer dropshipping internacional, alguns clientes vão querer fazer trocas e devoluções.

Afinal, mesmo que o tamanho esteja correto, o cliente pode não gostar do produto ao vê-lo pessoalmente. Acontece que ocorrências desse tipo significam um custo para você, já que é a loja — e não o cliente — que deve arcar com esses custos.

O interessante é que muitos lojistas consideram esses custos ao fazer a precificação de produtos. Eles analisam quanto a loja gastou com trocas e devoluções em determinado período e comparam esse número com a quantidade total de produtos vendidos. Assim, é possível chegar a um valor médio que deve ser adicionado ao preço de cada produto.

Por exemplo, imagine que você tenha vendido 10 pares de calçados, mas um cliente fez uma devolução, que teve um custo de R$50 referente ao frete. Se fosse para rachar essa conta entre os outros nove pares vendidos, quanto ficaria para cada um?

É só dividir 50 por 9, o que dá R$5,55. Adicionando esse valor ao preço de todos os sapatos da loja, cada venda vai ajudar a arcar com o custo de eventuais trocas e devoluções, entendeu?

Mas é claro que toda a estrutura de uma loja virtual envolve outros custos. Se você considerar todos eles ao definir os preços dos produtos e fizer um bom trabalho de marketing digital, seu negócio de venda de sapatos terá boas perspectivas pela frente.

Agora é só agir e iniciar seu negócio com a venda de Sapatos de forma online, com essas dicas você conseguirá levar adiante seu plano e atuar de forma assertiva no mercado.


 

Quer se destacar na internet? Conheça os planos de divulgação aqui do Tá Contratado e destaque sua empresa ou negócio de forma inteligente.

 

Comentários

Deixe um comentário

Entrar

Cadastrar




Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.