O Governo Federal, através do Ministério das Mulheres, Família e Direitos Humanos informa que está aberto as inscrições do edital que selecionará organização para desenvolver cursos de empreendedorismo e cooperativismo voltados para povos e comunidades tradicionais do arquipélago de Marajó. Interessados têm até o dia 22 de outubro para registrar a participação no certame. A publicação está no Diário Oficial da União (DOU), de quinta-feira (7).

Para se inscrever, acesso ao edital

Você pode participar das entidades e órgãos da Administração Pública direta ou indireta, a partir de qualquer esfera de governo, consórcio público ou entidade privada sem propósito lucrativo. As instituições terão 15 dias para apresentar as propostas.

Um dos requisitos é a habilitação em Plataforma + BRASIL. Aqueles selecionados deverão apresentar um plano de trabalho com base em um termo de referência elaborado pela Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério das Mulheres, Família e Direitos Humanos (SNPIR/MMFDH), com informações relativas ao objeto do edital. “O desenvolvimento de ações voltadas para a geração de emprego e renda, incluindo ações de fomento ao empreendedorismo, são mecanismos importantes para a vulnerabilidade socioeconômica dos povos e das comunidades tradicionais”, pontua o titular da SNPIR, Paulo Roberto.

Projeto

A iniciativa faz parte do Projeto Caravana de Economia Criativa de Marajó, que prevê a realização de consultorias para projetos empreendedores desenvolvidos por povos e comunidades tradicionais dos municípios de Cachoeira Arari, Salvaterra, Sore, Muaná, Ponta de Pedras e Santa Cruz fazer Arari no Arquipélago do Marajó.

Para dúvidas e mais informações:[email protected]

Compartilhar:

Entrar

Cadastrar




Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.