O processo de inovação envolve a análise e utilização de novas ideias, as quais podem melhorar os produtos e serviços que sua empresa oferece e assim atrair mais clientes e gerar mais lucros para seu negócio.

É importante que as organizações continuem sempre inovando, pois dessa forma podem explorar novos mercados, realizar mais parcerias e valorizar suas marcas.

O processo de inovação é complexo, sendo formado por várias fases. Neste post você vai entender como ele funciona e como aplicar no seu negócio.

O que é processo de inovação?

É um método de criação de novas ideias para melhorar ou desenvolver um novo produto ou serviço. Esse processo surgiu entre as décadas de 1930 e 1940 quando Joseph Schumpeter, um economista austríaco reconheceu que a inovação era determinante para o desenvolvimento econômico.

No começo a inovação era realizada de forma individual, como o resultado da união de experiência, inteligência e intuição. No entanto, a partir da década de 1980 começaram a associar inovação com o envolvimento dos funcionários das empresas e mais tarde foi criado o Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

Venha para o Tá Contratado

Porém ele apenas limitava a inovação para esse setor o que resultou em ideias que não eram relevantes para o mercado. Por isso que foi criada a gestão de inovação que possibilitou que as organizações desenvolvessem ideias de forma organizada, se tornando um trabalho concreto e constante, sem ser resultado de mera intuição.

A inovação pode ser dividida em duas categorias: inovação disruptiva e inovação incremental. O primeiro tipo se refere à criação de novos produtos e serviços, os quais originam diferentes formas de realizar algo.

Já o segundo tipo é uma inovação que gera mudanças pequenas em um produto ou serviço que já existe a fim de melhorar sua qualidade.

Por que o processo de inovação é importante?

Porque por meio dele a empresa pode atrair mais clientes, explorar novas perspectivas, diminuir gastos, podendo encontrar formas de se manter competitiva no mercado. As organizações que não investem em inovação acabam sendo deixadas para trás e assim perdem seu lugar e clientes.

Como funciona o processo de inovação?

O processo de inovação é dividido em cinco fases, as quais devem ser realizadas em sequência para que o método alcance sua eficácia. Vamos conhecê-las.

Geração de novas ideias

A primeira etapa do processo envolve a criação de novas ideias. Esse trabalho deve ser realizado pelo líder em conjunto com sua equipe. Nesse caso, o ideal é que os colaboradores sejam engajados a desenvolver habilidades criativas.

Você pode fazer isso por meio de feiras, treinamentos e workshops que auxiliem os funcionários a ampliarem suas perspectivas para poderem criar novas ideias. Uma dica legal é dar a seus colaboradores tempo e ferramentas para que eles possam explorar ideias.

Avaliação

A segunda fase envolve a análise das ideias com o intuito de saber quais delas são melhores para serem aplicadas. É importante selecionar as ideias que proporcionem valor aos clientes ou que possibilitem novas formas de ganhar dinheiro.

Para colocar essa fase em prática é preciso que o líder se reúna com sua equipe e realize uma discussão, em que todos poderão opinar e dar suas ideias. Nesse caso é importante que o gestor aponte os pontos positivos e negativos de cada ideia.

Dessa forma é possível identificar as criações mais promissoras e também estudar a melhor forma de colocá-las em prática. Por isso que durante essa fase é importante fazer uma pesquisa de mercado.

Também cabe ao gestor nesse caso orientar os colaboradores sobre como se planejar para que as ideias selecionadas sejam implementadas.

Teste

A terceira fase envolve o teste das ideias criadas e selecionadas. As ideias são aplicadas com o intuito de identificar se elas são interessantes para os clientes e se encaixam naquela ocasião.

Para aplicar a fase de teste é preciso criar um protótipo e colocá-lo em contato com os clientes para conhecer seu feedback. Assim você saberá se a ideia gerada é viável e se é necessário realizar ajustes para melhorar o resultado ou mesmo mudar o caminho.

Uma dica é oferecer o produto ou serviço a um grupo pequeno de pessoas. Caso faça sucesso você pode disponibilizar para mais clientes.

Promoção

Depois que as ideias selecionadas forem testadas e avaliadas você já pode criar o produto para ser produzido e vendido a fim de atingir diferentes públicos.

Nessa fase você deve determinar por que o produto escolhido é adequado para seus clientes e a melhor forma de persuadi-los a adquiri-lo. Para isso você deve utilizar os dados que reuniu com a fase de teste, uma vez que teve o feedback do grupo seleto que entrou em contato com seu protótipo.

Assim você deve apontar as vantagens que foram comprovadas para atrair seu público e também realizar todo o planejamento para que o produto ou serviço seja disponibilizado.

Também faz parte dessa fase a determinação dos fornecedores e materiais, treinamento dos produtos, entre outras atividades que podem ser necessárias.

É importante que a produção e comercialização dos produtos e serviços estejam de acordo com os recursos que a empresa possui.

Divulgar-servicos

Acompanhamento

A quinta e última fase envolve o acompanhamento da inovação aplicada. Pois é preciso que a performance do novo produto ou serviço seja avaliada com atenção para que seja possível medir seus resultados e assim saber se é necessário realizar melhorias.

Para isso todos os gestores devem participar dessa fase para que decisões possam ser tomadas e colaboradores sejam orientados. Não é apenas a produção que deve ser acompanhada, mas também o planejamento de marketing.

É importante elaborar relatórios para que tudo seja acompanhado e assim todos possam aprender por meio de experiências passadas.

Leia também: Cabeleireiro, o profissional da beleza

O que é preciso para aplicar o processo de inovação na sua empresa?

Para aplicar o processo de inovação é necessário colocar algumas ações em prática, entre elas:

  • Aprender com os erros passados: a empresa deve conhecer as falhas que cometeu para não repeti-las no futuro. Por isso é essencial saber por que determinado erro aconteceu, assim é possível estudar novas ideias e seguir um caminho diferente;
  • Construir uma cultura de inovação: outra ação interessante é incentivar os colaboradores a gerarem novas ideias para que possam contribuir com o processo de inovação. Para isso cabe aos líderes melhorar o clima organizacional e estimular os funcionários por meio de ferramentas como o plano de desenvolvimento individual;
  • Criar um programa de ideias: por meio dessa ferramenta é possível engajar os colaboradores a gerar novas ideias de maneira contínua, pois nesse caso funcionários que vendem para o cliente ou os que estão executando os processos passam a dar ideia por meio de desafios reais mostrados pelos gestores;
  • Ter uma liderança de qualidade: também é importante ter líderes que desenvolvam sua equipe e assim transformem seus colaboradores em profissionais melhores e que possam dar ideias que façam a diferença em seu negócio. Por isso é importante que os líderes incentivem seus liderados a opinarem;
  • Desenvolver endomarketing: o endomarketing é a utilização de marketing dentro da empresa, tendo como foco os colaboradores para que eles sejam engajados a realizar um trabalho cada vez melhor e a elaborar ideias para promover melhorias na empresa;
  • Controlar a gestão de inovação: é importante controlar o processo de inovação para que a inovação seja contínua e haja o controle de todas as variáveis possíveis. Para ajudar você a realizar essa tarefa é possível utilizar um software de gestão de inovação;
  • Estimular a criação de novas ideias: também é preciso fomentar a inovação dentro da sua empresa, para isso você deve criar um ambiente favorável ao desenvolvimento de colaboradores com iniciativa. Isso pode ser feito por meio de eventos e palestras e inovação no setor de RH para que o recrutamento e seleção sejam realizados com o objetivo de encontrar candidatos aptos a terem ideias inovadoras;
  • Estimular o contato com o ambiente externo: é essencial que os colaboradores tenham contato com outras pessoas para que possam ampliar sua rede de ideias, uma forma de fazer isso é promover eventos e palestras com pessoas de fora, que possam proporcionar outra visão a seus funcionários;
  • Distribuir recursos financeiros para a inovação: é importante direcionar recursos financeiros para o processo de inovação, uma vez que a partir dele é possível ter um retorno financeiro, por isso você deve saber onde deve adquirir os recursos para poder investir nesse processo.

Importância de agir

O processo de inovação é importante para o desenvolvimento da empresa, pois a partir do mesmo é possível criar novos produtos e serviços que sejam mais receptivos pelo seu público alvo e assim conquistar mais clientes e consequentemente lucros.

No entanto, esse método não é tão simples, pois envolve cinco etapas que devem ser seguidas de maneira sequencial. Entre elas estão:

  • geração de novas ideias;
  • avaliação;
  • teste;
  • promoção;
  • acompanhamento.

Precisa-de-servicos

Para colocar em prática essas fases é preciso que a empresa busque maneiras de incentivar seus funcionários para que eles possam dar novas ideias, ter líderes que promovam o engajamento de sua equipe e distribuir fundos para que o processo de inovação seja aplicado.

Dessa forma é possível desenvolver novos produtos e serviços que atenderão melhor seus clientes e ter ótimos resultados a partir disso.

Entrar

Cadastrar




Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.